(poesia visuAL / "A Tática: Futebol" / Série "Futebol em Movimento")

( poesia visual / "Copa do Mundo" / Série "Futebol em Movimento" )

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Quatro assuntos de ontem

.
Ontem, Domingo de Decisões por quase todo o Brasilzão, então, vamos a ALguns assuntos:

1. A Decisão Carioca começou cheia de alternâncias. O Flamengo abriu o marcador e permitiu a virada do time do Botafogo. No final, empatou, de modo que ficou tudo indefinido para a segunda partida. Fica difícil apontar um favorito. Somente depois que o árbitro trilar o apito encerrando a partida, saberemos quem será o Campeão Carioca de 2009.

2. No Mineirão, tivemos a primeira partida da Decisão entre Cruzeiro e Atlético. O Cruzeiro depenou o Galo Mineiro: 5 a 0. Parece que o Cruzeiro ficou com inveja do Internacional, enquanto que o Atlético Mineiro deve ter ficado com inveja do Caxias. E o Cruzeiro ainda perdeu outros gols. Poderia ter sido de 7. Será que vai ter torcedor do Atlético Mineiro na segunda partida?

3. Aqui em Goiás, o Atlético Goianiense venceu o Meu Goiás por 2 a 1, invertendo a vantagem do empate que era do Goiás. Na segunda partida, o Goiás TEM QUE VENCER se quiser ser o Campeão. Foi uma partida em que ambos procuraram o gol, mas o ACG o encontrou por duas vezes, em momentos importantes da partida: no início do primeiro tempo e na metade do segundo. O Goiás bem que tentou, mas o time do Atlético conseguiu segurar o ímpeto dos esmeraldinos. O Goiás descontou com um gol de pênalti, um pênalti que gerou muita polêmica, porque o jogador do Goiás fez uma bela encenação e o árbitro mordeu a isca. Para a segunda partida, o Goiás deverá – primeiro – tomar mais cuidado para não sofrer gol. Depois, tentar um golzinho. Basta uma vitória simples. Não vai ser fácil. Apesar de que o Goiás “deu sorte” em fazer a primeira partida contra o Fluminense aqui no Serra Dourada (sem a necessidade de viajar, o que geraria maior cansaço ao time), este jogo foi marcado para quinta-feira. Ou seja, a equipe vai ter pouco tempo para se recuperar para a segunda partida contra o ACG, no Domingo. E ainda tem o fator psicológico: vai que o Goiás não faça uma boa partida contra o Fluminense...aí vai complicar. E, para vencer bem o Fluminense, a equipe do Goiás vai ter que “correr muito”, o que desgastará a equipe. Estou confiante num bom resultado contra o Fluminense, mas estou reticente quanto à segunda partida contra o ACG, que jogou muito bem na primeira partida. Muito bem e melhor que nós.

4. Deixei como o quarto assunto, para falar sobre a Final do Paulistão 2009. Vê-se claramente que a equipe do Corinthians está bem mais equilibrada que a do Santos. Isto não era novidade. Quem tá desequilibrando é o Fenômeno! Isto é novidade? Para mim, nunca foi. Gente, o Ronaldinho marcou dois golaços, na vitória do Corinthians por 3 a 1 frente ao Santos. O segundo: “DE PLACA”, com direito a elogios do Rei, que assistia à partida, mas que deixou a Vila Belmiro, logo em seguida ao terceiro gol do Corinthians (o segundo do Fenômeno). Ou seja, foi um GOL PARA TIRAR REI DO ASSENTO! Se você não viu, veja! Mas não se apresse: este gol vai ser passado incontáveis vezes pela televisão. Logo estará no YouTube e, se tá no YouTube, logo estará também aqui.

video


Sem dúvida, o MAIOR ACONTECIMENTO DO FUTEBOL BRASILEIRO EM 2009 foi a contratação do Fenômeno pelo Corinthians. Mas não é apenas pelo que o Ronaldinho representa. É pelo que ele tá jogando.

E, olha que ele ainda vai emagrecer mais um pouco.

E precisa?

Só um FENÔMENO marca os gols da maneira com que ele os marcou ontem contra o Santos.

Mas ele É O FENÔMENO!

AL-Braço
AL-©haer

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Mais uma quarta-feira de Futebol

.
Muito Futebol. Muito Futebol disputando a Libertadores de 2009 e Muito Futebol disputando uma vaguinha para a Libertadores de 2010, via Copa do Brasil.

Vamos a ALguns destaques daqueles que disputam a Libertadores:

1. O já classificado São Paulo venceu o América de Cali no Morumbi por 2 a 1 – de virada! E que virada! O goleiro do time colombiano resolve dar um chutão, Dagoberto se vira de costas para se proteger e marca um gol de bunda. Uma virada certeira.

2. No Mineirão, o Cruzeiro fez 2 a 0 no Deportivo. Também classificado, o Cruzeiro segue bem e eu fico com a sensação que o time “copeiro” de Minas sempre é o favorito para vencer competição deste tipo, se não tiver o Boca Juniors pelo caminho.

3. O Sport de Recife, em Recife, na Ilha do Retiro, a já decantada “Bombonera Tupiniquim”, também de virada venceu o Colo-colo por 2 a 1. Não fez uma partida brilhante, mas foi o bastante para conseguir a vaga para as oitavas.

4. Lá no Uruguai teve um jogo de “ficar doido”. O Defensor do Uruguai venceu o Independiente de Medelín por 4 a 3, numa partida que, no final do segundo tempo, teve o empate do Independiente, que daria a classificação ao time de Medelín; mas, nos descontos, veio o gol da vitória do Defensor, mudando de mão a vaga para as oitavas.

Agora ALguns destaques daqueles que buscam, via Copa do Brasil, a vaguinha para a Libertadores de 2010:

1. O Internacional, no embalo da comemoração da Conquista do Título do Gauchão de 2009, depois dos 8 a 1 sobre o Caxias, manteve o ritmo e enfiou 5 a 0 no Guarani de Campinas. Placar agregado nos dois confrontos: Inter 7 x 1 Guarani. É...esse time do Inter não está economizando gols.

2. Em plena Vila Belmiro, o time misto do Santos não conseguiu marcar um golzinho no CSA de Alagoas. Acabou perdendo por 1 a 0, o que classificou o CSA.

3. O Águia de Marabá surpreendeu jogando um belo futebol lá no Maracanã. O time é bem organizado e, dos meias para frente, toca bem a bola e consegue chegar com perigo na área do adversário. Deu azar. Deu azar, porque poderia ter definido a classificação já no primeiro tempo, quando jogou bem melhor e teve várias oportunidades de marcar. O seu goleirão, Ângelo, é muito bom. Mas Futebol não é feito apenas de goleiro bom, nem de gols perdidos. Futebol é feito com gols marcados. E o Fluminense marcou, no segundo tempo, três gols, classificando-se para a próxima fase.

ALgora, vamos ao que nos interessa.

ALcho que o Palmeiras não conseguirá a vaga. Não vai ser fácil enfrentar o Colo-colo lá no Chile. Time por time, o Palmeiras é melhor e tem o Keirrison, que lembra muito o Túlio Maravilha: se bobear na área, ele põe para dentro. Mas, por outro lado, é gostoso ver o Luxo-em-burgo dar declarações e explicações em entrevista coletiva após os insucessos.

O adversário do Goiás na próxima fase da Copa do Brasil será o Fluminense do Parreira-o-gol-é-apenas-um-detalhe. Pelo que vi em algumas partidas do Fluminense no Campeonato Carioca e pelas duas partidas contra o Águia de Marabá, o fraco do Fluminense é a defesa, em especial o miolo da zaga. Contudo, no ataque, Fred é um excelente atacante, bom passador e um bom cabeceador. E o tal de Maicon corre muito, desloca-se, chuta bem com as duas pernas. Enquanto o Fluminense só se preocupa com a Copa do Brasil, o Goiás fará a primeira partida das oitavas entre seus dois compromissos contra o Atlético Goianiense, pela disputa do Título do Goianão 2009. É óbvio que o Goiás chegará mais desgastado para a primeira partida contra o Fluminense. Vamos torcer para que seja sorteada a primeira partida aqui no Serra Dourada, para que não haja a necessidade do time do Goiás viajar para o Rio de Janeiro, entre as duas partidas da Final do Goianão, o que seria mais um desgaste. A próxima semana, a partir de Domingo, será um ótimo teste para sabermos qual o real estágio em que se encontra a equipe do Goiás, em termos de comportamento tático, elenco e preparação física. Será um termômetro para saber se o nosso time está bem para começar o Brasileirão.

Futebol é feito de resultados (fazia tempo que eu não utilizava essas frases!). Se o Goiás conseguir um resultado positivo na primeira partida contra o Fluminense e se sagrar Campeão do Goianão, “tamo bem na fita”. Mas se der o contrário, se o Goiás não for o Campeão Goiano de 2009 e se não conseguir a vaga para a próxima fase da Copa do Brasil (o que, convenhamos, não serão resultados anormais), aí “a coisa vai feder”.

Engraçado esse Futebol...as próximas quatro partidas do Goiás podem confirmar a boa fase da equipe ou deixar os torcedores desconfiados.

Vamos aguardar para ver o que vai dar.


AL-Braço
AL-©haer

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Tudo conforme combinado

.
É, cara Leitorcedora, caro Leitorcedor. Do que tínhamos falado há uma semana, tudo correu conforme combinado:

- Goiás e Atlético Goianiense confirmaram, com mais uma vitória de cada um, a vaga na Grande Final do Goianão de 2009;

- O Flamengo conquistou a Taça Rio, com a presença de 83 mil torcedores no Maracanã. Agora teremos mais duas partidas entre Flamengo e Botafogo, cada uma com mais de 80 mil torcedores...a Mega-Sena acumulou, mas Flamengo e Botafogo já garantiram um preminho básico nesta final do Estadual do Rio;

- O Santos (meu “feeling” ALcertou!) tá na final do Paulistão.

Mas, nem tudo correu conforme o combinado. O Ronaldinho Fenômeno correu muito mais!!! Tô ALchando que o calção do Ronaldinho tem a mesma técnica do tal difusor...só pode!

E eu tentei me lembrar de um atacante brasileiro que – atualmente – consegue dar estas arrancadas do Ronaldinho Fenômeno. Não vale o Kaká, nem o Madson. Eu estou falando de a-ta-can-tes.

Pensando bem, o Nilmar. É por isto que MEU ATAQUE da Minha Seleção de 2010 já está escalado: Nilmar e Ronaldinho Fenômeno.

E, aproveitando que o assunto trouxe o Nilmar, fiquei intrigado com o resultado da partida Internacional x Caxias do Sul. Tudo bem, o Inter é um ótimo time. É quase imbatível lá no Beira Rio. Até aí, tá tudo certo. Pode ser que, talvez, pelo regulamento, as equipes que se enfrentam numa Final não sejam as melhores, mas – certamente – essas equipes estão entre as melhores do campeonato. Numa Final de um campeonato, pode ocorrer uma goleada. Acontece. É Futebol! Mas, eu disse uma goleada. Uma goleada normal (se é que se pode afirmar que uma goleada é um resultado normal em uma partida de Final).

Gente, os 8 a 1 do Inter contra o Caxias foi meio fora dos padrões. Ao final do primeiro tempo já estava 7 a 0 para o Inter! No ano passado, na decisão, o Inter também venceu a Final por 8 a 1. Que campeonato é esse lá do Rio Grande do Sul?

Finalizando, vou parodiar o famoso comercial:

Garrafa d’água Perrier: R$ 9,00
Barra de Chocolate da Kopenhagen: R$ 23,00
Full HDTV: R$ 3.300,00

Ver o time do São Paulo levar “Olé” no Morumbi:

NÃO TEM PREÇO!


Querida Geovana, desculpe-me. Não resisti!

Faz parte! É o Futebol! O melhor do Futebol!
.
.
.
AL-Braço
AL-©haer

ABC de um FENÔMENO


.

A

.

B

.

C

.

D

.

E

.

F

.

G

.

H

.

I

.

J

.

K

.

L

.

M

.

N

.

O

.

P

.

Q

.

R

.

S

.

T

.

U

.

V

.

W

.


.

Y

.

Z

.

.

.

AL-Braço
AL-©haer
.
.
.
(fonte da foto: AP)

domingo, 12 de abril de 2009

Domingo de Páscoa, Futebol e Chocolate

.
Logo cedo, fui assistir à Missa de Páscoa. 90 minutos, sem surpresas: o time do Pai, do Filho e do Espírito Santo sempre confirma o favoritismo. O Filho doa a Vida! E o Amor Sempre Vence.

Depois, liguei a TV para ver o Ibrahimovic. Craque. Até perdendo gols, ele perde com categoria. Marcou um de pênalti, meio duvidoso. A Inter abriu 2 a 0 no primeiro tempo, mas no segundo, só deu o time do Palermo, que empatou e não virou o jogo por azar. Lá no Campeonato Italiano, é questão de tempo para a Inter conquistar o Escudeto.

Almocei. Descansei um pouco, preparando-me para a maratona das 16 horas. Aqueci os dedos, para não ficar ter cãibras. É isto mesmo. Como ainda não recebo a transmissão digital (porque a Tv a cabo ainda não instalou o novo decodificador), não pude aproveitar a tecnologia, que já permite que se vejam quatro jogos ao mesmo tempo, dividindo a tela em quatro janelas simultâneas. Tive que ficar saltando de um canal para outro, através do controle remoto, para acompanhar as partidas CRAC x Goiás, Atlético x Itumbiara, Corinthians x São Paulo e Flamengo x Fluminense.

Juntando as partes, vou tentar resumir o que vi de cada partida. Tanto o CRAC, quanto o Itumbiara marcaram primeiro nos confrontos contra Goiás e Itumbiara. Parecia que as equipes do interior iriam complicar para Goiás e Atlético. Que nada! As equipes do Goiás e do Atlético são muito superiores às de CRAC e Itumbiara. Ambos venceram de virada. O Goiás, por 3 a 1, enquanto que o Atlético goleou por 5 a 1. No “pôsti” anterior, meu “feeling” dizia que o Goiás jogaria “fechado” e voltaria de Catalão com um empate em 0 a 0; e que o Itumbiara de Túlio iria surpreender o ACG, no Serra Dourada. “Feeling” é “feeling”. Mas, meu “feeling” precisa pôr o pé na fôrma...

Não preciso de boLA de cristAL, nem de bôrra de cALfé para dizer que Goiás e Atlético só não irão para a Final, se acontecer um desastre. Destes que só o Sobrenatural de Almeida explicaria.

Lá no Maracanã, o Fluminense de Fred e Parreira foi surpreendido por um chute de Juan, de fora da área, ainda no primeiro tempo. A bola acertou a cabecinha do “montinho artilheiro”, bem na frente do goleiro Fernando Henrique, que “aceitou”. Frango? Meio-Frango? Talvez, se o gol do Flamengo tivesse sido diferente, a equipe do Fluminense não teria ficado tão abalada. Daí em diante, até o final da partida, o Fluminense não conseguiu se organizar em campo. O Flamengo se fechou, marcando bem o ataque do Fluminense e, nos contra-ataques só não ampliou, porque seus atacantes não capricharam. Até o Lord-Parreira-o-gol-é-apenas-um-detalhe perdeu o controle e foi expulso de campo.

A Final da Taça Rio será entre Botafogo e Flamengo. Se o Botafogo vencer, sagrar-se-á (essa Língua Portuguesa fica linda quando escrita corretamente!) Campeão Carioca de 2009, por antecipação, sem a necessidade de uma Grande Final. Eu DU-VI-DO que o Futebol Carioca vai perder a chance de realizar mais duas partidas, com casa cheia. Vai ser a maior surpresa destes últimos 36 anos acompanhando o Futebol de Meu Deus se o Botafogo for o Campeão da Taça Rio. Tanto Botafogo, quanto Flamengo estão “quebrados”. Se eu fosse torcedor do Botafogo, guardava meu dinheirinho para gastar na Grande Final. A Final da Taça Rio é jogo de uma torcida só. Quisera eu estar enganado. Vamos ver.

Mas a melhor partida deste Domingo de Páscoa foi mesmo entre Corinthians e São Paulo. Uma partida muito movimentada, com cada equipe com suas características: o São Paulo com seu toque de bola mais organizado, aproveitando-se do entrosamento de sua equipe, enquanto que o Corinthians era mais rápido, aproveitando-se da preocupação da defesa do São Paulo em marcar o Ronaldinho Fenômeno, que se deslocava atraindo os marcadores, abrindo espaço para os companheiros. O primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1. O São Paulo marcou primeiro, mas o Corinthians empatou logo em seguida, o que confirmava o equilíbrio entre as equipes. No segundo tempo, o Corinthians voltou disposto a vencer, pressionando mais, com sua “Fiel” jogando junto. Rogério Ceni fez ótimas defesas. Algumas “de sorte”, mas goleiro bom é, antes de tudo, “virado pra lua”. E veio a expulsão do André Dias. O Corinthians com um jogador a mais, cresceu em campo, mas, o que se viu foi um São Paulo muito perigoso nos contra-ataques, exigindo trabalho do goleiro Felipe. Parecia que a partida terminaria empatada. Mas, parecia, também, que qualquer equipe poderia marcar o segundo gol. E quiseram os Deuses do Futebol que o gol fosse do Timão, no último minuto dos descontos. Ronaldinho Fenômeno não marcou, mas a cada jogo corre mais e ajuda muito seus companheiros, com sua visão de jogo e seu toque de craque. Já começo a pensar que ele não precisa emagrecer tanto. ALiás, do jeito que está, ele está jogando muito mais que muito jogador “em forma” por aí.

A partida de volta será no Morumbi, com – no máximo – 5 mil torcedores da “Fiel”. A vantagem do empate é do Corinthians, mas uma vitória do São Paulo será um resultado normal. Contudo, não ALrriscarei nenhum pALpite.

Ontem foi Sábado. De Aleluia. Aleluia para o time do Santos, que reverteu a vantagem que era do Palmeiras de Luxemburgo, Keirrison e Cia. Realmente, esse menino Keirrison é um jogador acima da média. O time do Palmeiras tem jogadores melhores que o Santos. Mas, mesmo com o Keirrison marcando seu gol, o Santos virou a partida, onde brilharam as estrelas de Kléber Pereira e Neymar, Madson correu muito e deu bons passes e – acreditem! – o goleiro Fábio Costa não complicou, ou melhor, foi um dos grandes nomes da partida, com defesas arrojadas e incentivando e incendiando a garra da equipe do Santos, que só não ampliou o marcador, porque a maioria dos jogadores do Santos é mesmo muito fraca. Mas, a graça e o mistério do Futebol é que nem sempre o melhor vence. Foi o que aconteceu. Agora, resta esperar qual será o comportamento da equipe do Santos na partida de volta, lá no Parque Antarctica. Não será surpresa uma vitória do Palmeiras. Será um resultado normal. Mas eu meu “feeling” insiste em apontar para um triunfo do Santos, rumo à Final. Não custa tentar. Uma hora esse “feeling” ALcerta...

Para finalizar, tenho que falar do chocolate. A tradição brasileira dos ovos de chocolate comemorando a Páscoa está cada vez mais forte. A cada ano mais e mais ovos de chocolate são comercializados em todo o país. Neste ano, como de hábito, alguns exageraram no chocolate. Aqui em Goiânia, ainda restavam alguns ovos de Páscoa, neste Domingo. Mas, veio a equipe do Itumbiara e levou todo o chocolate lá para a fronteira.


AL-Braço
AL-©haer

Semifinais do Goianão

.
Deu a lógica nas semi-finais do Goianão. Goiás e Atlético, as equipes de melhor aproveitamento na Fase Classificatória esperaram a definição do outro grupo, onde se classificaram Itumbiara e CRAC de Catalão. Sobre Itumbiara e CRAC, cada um fez uma caminhada distinta: enquanto o Itumbiara subiu de produção a partir da segunda metade da Fase Classificatória, o CRAC chegou às Semifinais com resultados ruins ao final desta fase. A consequencia disto foi a dispensa do Técnico Evair, substituído pelo Wladimir Araújo.

Pela melhor campanha em toda a Fase Classificatória, o Goiás joga por quatro empates para se sagrar Campeão. Pelo regulamento, no confronto entre Itumbiara e Atlético, apesar de que o ACG obteve muito mais Pontos Ganhos, é o Itumbiara que joga por dois empates para ir à Final. Regulamento é regulamento e estamos combinados.

O Goiás é o favorito para ser Campeão. Contudo, a simultaneidade com a Copa do Brasil certamente irá influenciar no rendimento da equipe. O Atlético é superior ao Itumbiara, mas não será fácil passar pelo Gigante da Fronteira, que tem como técnico o Arthur Neto, que conhece muito bem o elenco do ACG.

Se existe uma equipe “pressionada” para vencer o Campeonato, esta equipe é a do Goiás. Se o Goiás for o Campeão, não terá feito mais do que a sua obrigação. Se não conquistar o campeonato, a equipe entrará para o Brasileirão com a desconfiança dos torcedores. E, tem mais: se o Goiás for o Campeão, não dá para afirmar se esta equipe estaria completa para o Brasileirão, pois – sabemos – o Campeonato Goiano “engana”, uma vez que a equipe do Goiás é muito superior às demais, tendo apenas o Atlético como um adversário mais difícil de ser vencido.

Contudo, jogar contra as equipes do interior, especialmente contra Itumbiara e CRAC, junto às suas torcidas inflamadas, sempre são jogos difíceis. Então, Goiás e Atlético podem esperar muita dificuldade nestas semifinais.

Se você tem mais de 40 anos, vai se lembrar daquele cantor Morris Albert (nome artístico do cantor brasileiro registrado Maurício Alberto) que ficou rico com apenas uma música: “Feelings”, canção em inglês, da década de 70, que fez um sucesso mundial, regravada por vários outros cantores. No Brasil, foi tema de novela das “oito” (naquela época, a novela das “oito” era às “oito”). Muito bem, meu “feeling” é que o Itumbiara vai surpreender o Atlético aqui no Serra Dourada, com a estrela de Túlio brilhando mais uma vez, enquanto o Goiás se fechará todinho na primeira partida contra o CRAC: aposto num empate sem gols.


AL-Braço
AL-©haer

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Sopramos 66 velinhas !!!


PARABÉNS PARA NÓS !!!
"- VERRRDÃO ÊH ÔH"

Ainda sobre Brasil x Peru

.
Foi fácil. A seleção do Peru, lanterna isolada das Eliminatórias Sulamericanas, confirmou seu favoritismo para perder a partida e voltou para Lima com mais 3 gols sofridos (é a defesa mais vazada com 26 gols), completando 7 derrotas. Nestas eliminatórias para a Copa de 2010, o time do Peru apenas venceu uma partida, por 1 a 0, lá em Lima enfrentando a Venezuela. Até o momento, a equipe do Peru empatou 4 partidas, uma delas, quando recebeu o Brasil, em Lima.

Ou seja, o Brasil não fez mais que sua obrigação.

Do jogo, selecionei dois comentários que ALcho relevantes.

O retorno de Kaká. Mesmo vindo de uma contusão, mesmo não estando na sua melhor forma física, mesmo sem ritmo de jogo, Kaká faz a diferença. Foi um dos que mais correu em campo e, com sua habilidade, em especial seus toques de primeira (como se estivesse jogando Futebol de Salão), vemos que, se seus companheiros treinarem mais e ficarem mais atentos, o Kaká sempre proporcionará tabelas rápidas a caminho do gol da equipe adversária. O problema (eterno!) é que a Seleção tem pouco tempo para treinar.

Outro fato, que para muitos foi surpresa, foi Ronaldinho Gaúcho ter conquistado a posição de “meio-de-banco”. Alguns comentaram que Dunga deveria manter o Ronaldinho Gaúcho de titular, pelo fato do jogo ser na “terra dele”, pelo fato de ser uma partida contra uma fraca seleção que não ofereceria muita resistência, pelo fato de ser uma oportunidade do Ronaldinho Gaúcho se redimir da péssima atuação contra o Equador. Mas não. Desta vez - vamos admitir! - o Dunga foi realmente um “Técnico” e acertou em não escalar o Ronaldinho Gaúcho. Entrevistado, antes de iniciar a partida, o Dunga chegou a minimizar o fato de o Ronaldinho Gaúcho estar no banco de reservas, dizendo que o atleta tinha se desgastado muito na partida anterior, na altitude equatoriana e que estava sendo “poupado” e que, no decorrer da partida, seria uma ótima opção para a nossa Seleção. Na verdade, o Dunga foi extremamente educado e elegante com relação ao Ronaldinho Gaúcho, pois o que realmente aconteceu é que o Ronaldinho Gaúcho não está jogando Futebol para ser nem banco da nossa Seleção. Na metade do segundo tempo, Ronaldinho Gaúcho entrou em campo: uma lástima. Se tivesse ficado na sua posição de “meio-de-banco”, teria sido melhor para a imagem de seu Futebol (que já está péssima). Contra a fraca equipe do Peru, que tem a pior defesa das eliminatórias, Ronaldinho Gaúcho não fez nada que nos fizesse lembrar aquele jogador que já foi “o melhor do Mundo”. Foi. Um dia foi. Agora, parece que ele não tem mais entusiasmo em jogar Futebol. Parece que jogar Futebol está sendo uma coisa muito enfadonha para o Ronaldinho Gaúcho. É uma pena. Com tanto talento e uma ascensão meteórica, onde conquistou os principais Títulos, de Campeão do Mundo e “Melhor Jogador do Mundo”, caiu numa descendência e não mostra sinais de recuperação. E, o que é pior, não tem contusões recorrentes, o que poderia ser uma desculpa. Não há como justificar o atual estado do Futebol de Ronaldinho Gaúcho. Só nos resta lamentar e acompanhar a derrocada deste jogador.


Mas, como sempre, o Brasileiro, com sua criatividade, rico em piadas e gozações, busquei um vídeo que foi amplamente divulgado como justificativa, da primeira vez que o Dunga não chamava o Ronaldinho Gaúcho para a Seleção, lá no início da carreira de Dunga como Técnico. Na época, muitos internautas colocaram no YouTube aqueles dribles que um jovem e promissor Ronaldinho deu num Dunga prestes a abandonar o Futebol. Foi num GRE-NAL...

As imagens falam por todas as palavras:

http://www.youtube.com/watch?v=Mes2LJcg5Tk

AL-Braço
AL-©haer

domingo, 5 de abril de 2009

efeitos especiais - 01

video

Ibrahimovic.

(sem comentários)